Como funciona a energia

By | September 8, 2016

Como vivemos em uma época onde está ficando cada vez mais caro produzir energia por meio das usinas hidrelélicas, por causa dos baixos níveis dos reservatórios de água causados pela seca, achar outros formas de produção de energia é a melhor saída e quando se fala em energia eólica é melhor ainda. Mas você sabe como funciona a energia eólica? Confira aqui tudo sobre energia eólica.

sem-tc3adtulo3

A energia eólica é uma fonte de energia renovável e limpa constituída por meio dos ventos. Com a energia cinética produzida pelo vento – massas de ar em movimento – tem sua origem no aquecimento causado pela energia eletromagnética do sol.

Nas centrais eólicas, a energia cinética do vento normalmente é convertida em energia mecânica por moinhos e cataventos ou em energia elétrica por turbinas eólicas ou aerogeradores. As pás tem formatos aerodinâmicos para aproveitar melhor a captura dos ventos. O movimento das pás vai gerar um eixo que liga o cubo do rotor a um gerador.

Essas centrais eólicas ou Parques eólicos são espaços em que há ao menos cinco turbinas eólicas, que são os instrumentos que podem produzir energia elétrica.

O Brasil tem um dos maiores potenciais eólicos do planeta e, embora hoje o vento seja capaz de produzir apenas 29 megawatts (MW) dos cerca de 92 mil MW instalados no país, mais de 71 mil km² do território nacional é capaz de produzir esse tipo de energia. O que proporcionaria ao país o equivalente a 272 terawatt-hora por ano, representando aproximadamente 64% do consumo nacional. Um único gerador é capaz de produzir 1,67Mwh de energia, o que pode atender a 9 mil pessoas que tenham um consumo razoável de energia

Infelizmente, o que impede que se tenha mais centrais de usinas eólicas é o preço. Essa energia gerada pela central eólica pode chegar a custar cerca de 70% a mais do que se paga hoje na produção de energia gerada pelas hidrelétricas.

Veja tudo sobre o assunto no Portal da Energia

A principal vantagem destacada da energia eólica é que ela é uma fonte de energia renovável e limpa, por não produz resíduos ao gerar eletricidade, que pode causar o aquecimento global. Outra vantagem é que é uma fonte de energia inesgotável, afinal de contas só depende dos ventos.

Ah, por falar em ventos, essa é uma questão que chega a ser muito discutida, afinal de contas, para que se tenha energia é necessário que haja vento, o que torna sua produção uma intermitência de acordo com o lugar e a época do ano.

No entanto, a construção de um parque eólico não pode partir apenas do atendimento a fatores técnicos relacionados à disponibilidade dos ventos. O procedimento também requer a realização de Estudos de Impacto Ambiental (EIA) e do Relatório de Impacto Ambiental (RIMA), que vão definir o melhor lugar para se instalar as centrais, não só do ponto de vista estratégico, mas também de forma que colabore com o meio ambiente.

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *